Lua

Questiono-me por vezes, quer dizer muitas vezes.
Sempre desejei ser como a Lua, estar só…
Tenho bons amigos, mas acho que a partir de agora tenho um longo caminho a percorrer sozinha, do qual não quero que ninguém faça parte.
A lua tem esses momentos e eu quero os meus.
Estar isolada do mundo, preferir os cantos das salas com luz apagada, estar perante o silencio testar o seu gosto. Saber chorar e ninguém estar lá. Confessar segredos.
Olhar para o espelho e ver o reflexo de prazer, sentir falta de algo, deixar falsos sentimentos e deixar que entrem novos gostos. Ultimamente o desprezo falou mais alto, estando a falar no modo psicológico não físico.Questões com falta de coerência.
Está a chegar o dia da partida e qualquer pessoa tem de estar preparada…. Faz as malas vamos partir…

Um Comentário

  1. Não és a única a sentir isso. Mas n precisas de percorrer esse caminho sozinha. Não negues a ajuda dos teus amigos mesmo qd achas q tens de ficar sozinha. Faz como eu. Aproveita os dias com os amigos e guarda as noites para estares sozinha e reflectires, é o melhor remédio. N te esqueças q tens aqui uma amiga pa vida.

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*