Para onde vão os guarda – chuvas de Afonso Cruz

 Classificação: 4 estrelas

Para onde vão os guarda – chuvas de Afonso Cruz

A história passa-se no Oriente, Fazal Elahi casa-se com Bibi e tem um filho, Salim. Fazal é um homem muito certinho e por vezes até ingénuo demais, já Bibi gosta de sentir-se livre e de viver novas experiências. Fazal vive com o seu primo Badini, que ficou surdo devido à sua grande qualidade, com a sua irmã Aminah, que não se casa porque tem os dentes tortos e com o seu filho Salim, que se torna numa criança diabólica.

Bibi desaparece e é nessa altura que Fazal dá conta que a sua esposa não era aquilo que aparentava ser.
Afonso Cruz não desilude, só surpreende. É impossível ficarmos indiferentes aos livros deste autor. A leitura é rápida e consome-nos. Fiquei encantada com o primo mudo que fala em versos e com a Aminah que vive obcecada pelas marcas internacionais. Os livros do Afonso deixam-me sem palavras e depois fico com uma ressaca e não consigo ler mais durante alguns dias… Tenho que ler mais.
Pontos positivos: Os capítulos são pequenos e de fácil leitura. Gostei do apêndice, pois complementa a leitura. A história é complexa mas com ela traz sabedoria.
Pontos negativos: Há questões que ficaram em aberto. O final é de arrepiar… O livro tem 600 páginas!!!! Afonso Cruz devia ser de leitura obrigatória.
 

Frases do caraças:

“O passado é aquilo que conseguimos fazer do futuro”
“Se queres vencer a morte, primeiro vence na vida”
“Disse Ali: Não é a falta de pessoas à nossa volta que faz a solidão. São as pessoas erradas.”
“Se a natureza não o consegue, o homem cria e os milagres acontecem”
“Criámos livros, que são como flores: louvados pela sua beleza. Mas criámos outro, único, que é como a semente:faz crescer flores dentro da alma.”
“O coração de um homem não está apenas dentro do seu peito, está também dentro das pessoas que ama, dentro da família, dentro dos amigos. o seu sangue não corre apenas dentro do seu corpo.”
” Quando não sabemos como os outros vivem, qualquer acção é perigosa. Isto deixa-nos sem saber como agir.”
” Disse o profeta: Um homem, quando aprende, não fica a saber mais, mas fica a ignorar menos.”
” Quando realmente amamos a vida é quando somos capazes de morrer por ela. E isso tem recompensas.”

Um Comentário

  1. Grande calhamaço! Adorei a tua review, muito completa mesmo 😀

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*