13 factos enervantes na blogosfera

Numa conversa tardia com a Sofia, começámos a abordar os problemas da blogosfera. Depressa percebemos que a conversa teria pano para mangas. Convidei a Sofia de “A Sofia World” para a minha parceira de crime e escrevemos um post que esperemos que chame a atenção, mas no bom sentido. Queremos saber a vossa opinião, sejam sinceros!!!! 
– Maria vai com as outras – Basta uma ter uma ideia genial que 20 vão logo copiar. Quantos blogues fazem “Favoritos do mês”| “Tags”, cada um à sua maneira mas que à partida já sabemos que logo no princípio do mês será um dos posts. O que é de mais, enjoa. A blogosfera está cheia de copy paste. Quando se tem um blogue, o leitor espera criatividade. Se vais copiar a ideia de alguém deixa se ser criativo. Tal acontece quando cria um blogue e te pões a “copiar” posts.
– Parcerias + Parcerias – Uma verdadeira blogger quando começa um blogue é por vontade própria e não para angariar patrocínios. Quantos bloggers não andam por ai para ter coisas de graça. Olhem o que recebi em casa… Tão giro! Ando nesta vida há 10 anos e só comecei a ter parcerias o ano passado. Escrever por gosto não se compra. Uma coisa é implementar publicidade nos artigos – o caso da primetag – outra é impingir aos leitores. 

– O outfit do dia, todos os dias – Quem fala em roupa, fala em comida. Bloggers de moda não é bem a minha cena, mas postar todos os dias roupas diferentes e sempre bem vestidas. Sorry, mas não acredito. Passo a minha folga de pijama ou com roupa velha. Não acredito que vocês se maquilhem todos os dias e postem. Acredito que se vistam e se pintam e depois voltem a vestir a roupa velha. Não me atirem areia para os olhos. Querem uma prova? A Sofia diz o seguinte – este não me faz diferença, porque sei que é mesmo tirar 500 fotos num dia e ir postando enquanto se está em casa de pijama a comer porcarias. – A moça ganha pontos pela sua sinceridade.

– Ter um blog dá dinheiro – Caso não saibam, eu e a Sofia estamos a nadar em dinheiro. Para quem não nos conhece somos a máfia da blogosfera, fazemos tráfico de likes. Caros leitores, lamento mas não dá. O meu blog rende cerca de 1 cêntimo por mês. 12 cêntimos no fim do ano. Que loucura, vou comprar uma carcaça. 
– A frase das redes sociais vira post no blogue – A Sofia disse que se já o viu no twitter e achou piada, acabou ai. Mas não é isso que acontece. O tweet vira post. Um post com uma frase pode ser simples e inovador, mas ver a mesma frase 4 ou 5x perde a graça. Mais: nem tudo o que colocamos nas redes sociais tem de ir para o blog. Convém ter material adaptado a cada rede.
– Não ter tempo | Estou cansada – Escrever isto no blog uma vez por graça, tudo bem, mas repetir uma vez por mês. Oh honey, estás a abusar da paciência dos leitores. Queres ter um prémio por teres vida? No one cares! Há bloggers que se matam a trabalhar e não vêem para o blog a queixar-se da vida que levam. Isso e pedir desculpa por andarem ausentes por andarem com muito para fazer. Ninguém tem de pedir desculpa por ter vida, por fazer coisas.
– O que gostavam de ver por aqui – Então o blog é teu ou dos leitores? O trabalho é teu não é dos outros. Façam o favor de vir cá a casa fazer-me o trabalho e depois comentem em baixo, pode ser? 
Uma vez de vez em quando, tudo bem, é tipo estudo de mercado. Mas se estiverem sempre a perguntar o que gostavam de ver parece que não sabem ter ideias sozinhos.
– Mentalidades fechadas – Todos concordam com todos. Vocês não têm opinião? Se calhar têm preguiça de escrever o comentário. Se é para dizer concordo, mais vale estarem quietos. Aprendam a dar valor à vossa voz. 
– Bipolaridade blogueira – Com a bipolaridade não se brinca mas há pessoal que abusa. Se estás triste e vais pôr no blogue vais acabar por contar o que se passa mas se no dia a seguir dizes que estás super feliz então para que foi aquilo? 
Posts sub-desenvolvidos – há blogs em que parece que a pessoa que o escreve tem medo de se expressar. Ninguém quer ler algo e ficar com a ideia de que aquela pessoa podia ter dito muito mais do que aqueles dois ou três paragrafozinhos.
O espírito de equipa… e a falta dele – há uns anos, os blogs gostavam de ir partilhando um ou outro post de outros blogs, quando estavam bons ou achavam o conteúdo relevante. Agora parece que dar espaço a outro blog no nosso blog ou nas redes sociais é contraproducente. E não devia ser. Tal como não devia ser um problema escrever um post baseado no post de outro blog e, no final, incluir um link para o post original. Dizemos que a blogosfera é uma boa forma de partilhar coisas mas quando se trata de partilhar coisas boas de outras pessoas a história muda. (não precisam de partilhar este post só para se sentirem melhor, nós perdoamos!)
Posts cheios de nada – Porquê, oh porquê? Por que insistem em fazer posts só para encher? Continuo a achar preferível um blog que fique uns dias sem publicar a um blog que vá colocar um post da treta (sem conteúdo, diga-se) só para encher. Isto é um blog, não é um teste de Filosofia onde o importante é meter palha. Vamos lá acalmar, ok? Ok!
Comentários com muitos links e poucas palavras – Ora bem, quem é que gosta de receber comentários? E quem é que gosta de receber comentários em que a quantidade de links para o blog, posts e redes sociais do comentador ocupa mais espaço do que o comentário propriamente dito? POIS!

Um Comentário

  1. Eu já estou na blogosfera há algum tempo e já vi isso tudo XD ahahahahah

    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*