5 Boas Razões Para Ver – La Casa de Papel

A série La Casa de Papel foi produzida pelo canal Antena 3 e só depois adquirida pela Netflix. A série original conta com 15 episódios e foi exibida na sua totalidade no seu país de origem em 2017. A Netflix decidiu adquirir e remontar os episódios, disponibilizando apenas 13 episódios. O resto só irá estar disponível dia 6 de Abril. Até lá fiquem com as minhas 5 Boas Razões para ver La Casa de Papel.
A história
O “Professor” tem o plano perfeito, mas para o concretizar precisa da equipa perfeita. Convoca 8 ladrões e têm como objectivo assaltar a Casa da Moeda.
Ao longo da série, temos oportunidade de conhecer um pouco da vida pessoal dos assaltantes e o que os motiva no assalto, um factor que levará o telespectador a ter compaixão pelos mesmos.
A série desenvolve também relacionamentos amorosos e de amizade, não só entre os criminosos como também entre os reféns e criminosos.
Os personagens
“Professor”, o homem por detrás do plano, é um homem inseguro a nível pessoal, mas convicto nas suas decisões e nada lhe escapa.
Como parte do plano, o Professor decide dar a cada um dos assaltantes um nome de uma cidade – Tóquio, Moscovo, Berlim, Denver, Helsínquia, Olso, Rio e Nairobi – para que não haja fugas de informação nem relações entre eles cofcof
Tóquio é uma rapariga impulsiva que se deixa levar pelas emoções. Denver e Moscovo são pai e filho que querem mudar de vida. Rio é o génio da informática. Helsínquia e Olso usam a força para mudar opiniões. Berlim é a personagem mais explosiva e Nairobi é a mulher do dinheiro.
Mas há mais uma personagem que também merece destaque, a inspectora Raquel, pois a mesma está a passar por vários dramas pessoais enquanto tenta resolver o caso.
À medida que vamos conhecendo as suas histórias pessoais e motivações, a acção torna-se mais envolvente pois são esses pequenos detalhes que aliviam a tensão do drama na série. Cada um tem os seus minutos de fama, pois é essencial percebermos o seu passado.
Aqui as aparências iludem e nem sempre quem tem o poder tem a bondade. Os maus da fita vão-se tornar os heróis da história. Quando derem conta, estão a torcer por quem está a fazer o assalto e não por quem o está a desmantelar e mais não digo, pois é spoiler.
Os detalhes
Não vale a pena terem o trabalho de procurar falhas, porque não as vão encontrar. Esta série foi pensada ao detalhe, tal como o assalto à Casa da Moeda. Foram muitos os sobressaltos e quando pensei “é agora” toda a acção mudava. Acreditem que ao começar a ver a série, apontei todas as pontas que pensei estarem soltas. De nada me valeram, pois tudo me foi explicado. Seja no decorrer da acção ou através de flashbacks, tudo tem a explicação perfeita e plausível.
É de louvar todos os argumentistas que estão por detrás desta história, pois é preciso muita pesquisa e muito estudo para que nada falhasse. Acredito também que tenham passado horas a pensar na resolução dos problemas que iam surgindo a cada episódio, e ainda para mais tiveram o cuidado que as mesmas transparecessem realidade.
A importância da música 
A soundtrack da série tem uma importância que só a vamos dar quando chegarmos ao último capítulo. Bella Ciao é considerado o hino da série e não é para mais.
Vemos o grupo a cantá-la e a cada capítulo vamos ficando envolvidos na melodia. O último episódio tem como título “Bella Ciao” e tem a classificação de 9.7
A mensagem
Porque por detrás de uma grande história há sempre uma lição de vida. É tão simples que nos leva a questionar a verdadeira utilidade do dinheiro como também a nossa relação com os agentes de autoridade. Porque na verdade, eles não estão a fazer nada de mal e afinal, quem são os bons e quem são os maus nesta história?
O assalto é só um pano de fundo, pois o criador da série queria destacar as pessoas e para isso usou todos os recursos que conseguiu para mostrar isso ao espectador.
Desejo-vos uma boa maratona, pois quando começarem a ver “La Casa del Papel” não há volta a dar senão vê-la até ao fim. Confesso que vi 12 episódios num só dia…

3 Comentários

  1. Tenho ouvido falar nessa série, mas parece-me sempre muito dramática.

  2. Já ouvi falar imenso dessa série mas nunca me puxou para ver!

    Beijinhos
    THAT GIRL | FACEBOOK PAGE | INSTAGRAM | TWITTER | YOUTUBE

  3. Começo a pensar que mesmo não gostando de ver séries em espanhol, vou ter que ver esta. Desde a minha sogra, ao meu irmão, agora a ti… E essa classificação no último episódio… Parece-me Stranger Things, não queria ver mas quando comecei não consegui mais largar. Lá vai ter que ser. ^^

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*