Opinião | Estar vivo aleija de Ricardo Araújo Pereira

Classificação: 4 Estrelas

Estar vivo aleija de Ricardo Araújo Pereira

Este senhor dispensa apresentações. Rádio, Tv e Imprensa, este homem não pára e nem têm intenções de o fazer. A sua capacidade de escrita e a facilidade em decorar citações, deixa-me cada vez mais rendida à sua pessoa. Todas as semanas a sua crónica para a Visão é de leitura obrigatória, confesso que me desloco à papelaria mais próxima para abrir na última página e ler. Não o devia fazer, mas o Sr. Pios já me conhece e já diz que a cliente chata está sempre a ler.

O seu humor e a sua intelectualidade encontram-se em cada folha deste livro. Apesar de o Champion escrever maioritariamente crónicas, ele foi convidado pelo Jornal brasileiro Folha de S. Paulo a ter a sua crónica e a conquistar ainda mais o público brasileiro. Português de Portugal ele está acostumado, mas Português do Brasil a história já é outra. Mesmo assim, demonstra rápida adaptação e ainda escreve sobre algumas diferenças entre os países irmãos.

Sinopse da Tinta da China

Existem histórias repetidas, outras já ouvidas na rádio ou até contadas em Tv, mas também existem outras crónicas que não têm assim tanta piada, mas o Ricardo Araújo Pereira agarra em acontecimentos da sua vida monótona e transforma-as em verdadeiros quebra-cabeças.

Consegue enxovalhar um sujeito sem nunca ser mal-educado, como é o caso da sua mulher que lhe danifica os livros, ou mesmo referindo várias vezes ter falta de amigos, pois não consegue controlar o seu “mau-feitio”.

Um livro recheado de humor e sensatez, uma boa sugestão para os Domingos à tarde.

2 Comentários

  1. É um livro que quero muito ler, mas dele ainda só li o “A Doença, o Sofrimento e a Morte Entram num Bar”!

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*