Opinião | Sorrisos Quebrados de Sofia Silva

Classificação 3 estrelas

Sorrisos Quebrados de Sofia Silva | Amor para a vida toda foi o que Paola viu em Roberto. Tudo era perfeito até ele se tornar numa besta infernal. Entre violência física e psicológica, Paola deixa-se abalar a cada dia que passa até que decide fugir.

A sua fuga não podia ter corrido da pior forma, Paola e Roberto encontram-se frente a frente. Ele com sede de vingança e ela com o medo de não sobreviver. Entre a vida e a morte,  Paola sobrevive a um ataque de uma violência extrema.

A vida deu-lhe uma nova oportunidade, que ela pretende agarrar com unhas e dentes, mas se há coisa que nós sabemos, é que a vida é cheia de surpresas e que a luz de um novo amor, surge quando menos esperamos.

Sinopse da Editorial Presença

Os primeiros capítulos Sorrisos Quebrados de Sofia Silva são de uma violência extrema que nos prende de imediato.  Paola é vítima de violência doméstica, e quando decide dizer basta, o seu companheiro não aceita e decide ataca-la usando as suas fobias. A temática é tão forte que se vai perdendo ao longo da obra.

Apesar de este livro abordar o tema de dor e sofrimento, foi escrito de maneira a que o leitor sinta uma maior empatia e que acredite que apesar de grande sofrimento, todos merecemos o nosso final feliz. Paola luta durante anos e aceita as suas diferenças. Decide lutar pelos seus sonhos mas sempre com uma enorme mágoa. O medo de falar com o sexo masculino é palpável e sentimos isso ao longo do livro.

A história começa bem e pelo meio iremos conhecer o sol que mudará a vida de Paola. Esse mesmo Sol também tem uma história triste que mostra uma enorme força de viver. Não podemos esquecer que não há nada de floreados no que toca ao tema violência doméstica, e talvez tenha sido isso que mais me enervou no livro. Sorrisos Quebrados de Sofia Silva tem um início tão forte, essa força vai-se perdendo ao longo do livro. Só não lhe dei mais estrelas, por essa mesma razão, foi mais pelo sexo… era preciso tanto sexo neste livro? O sexo vende, mas neste livro não era preciso…

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*