“História do novo nome” de Elena Ferrante

Quando terminei “História do novo nome” de Elena Ferrante comecei a pensar na difícil tarefa que teria ao escrever a minha opinião e ao gravar também o vídeo. É complicado quando temos um enorme entusiasmo e quando a história nos deixa tão envolvidas que queremos contar tudo à pessoa que está do outro lado do ecrã, sem revelar qualquer tipo de spoiler.

Tal como no primeiro volume “A amiga genial”,  a autora volta a levar-nos ao futuro, onde Lenú tem em sua posse uma caixa com cartas, cadernos e registos escritos por Lila. Lenú fez a promessa que jamais leria o conteúdo da caixa, algo que rapidamente percebemos que não o conseguiu cumprir. Pela primeira vez temos a perspectiva de Lila, sempre narrada por Elena Grecco. Neste 2º volume, a autora focou-se da juventude e na entrada da vida adulta.

Sinopse Relógio d’Água

Retomando “História do novo nome” de Elena Ferrante, estamos de volta ao casamento de Lila. Tudo indica que Lila terá uma vida rica e bem-sucedida. Mas Lila descobre a traição do marido, e percebemos que ela lhe fará a vida negra. Não se iludam com a palavra traição, porque há várias maneiras de trair e para Lila só há uma maneira de retribuir – vingando-se.

Por outro lado, Lenú deixa para trás os seus pensamentos amorosos e dedica-se aos estudos, chamando à atenção dos seus professores. Por instantes, esquece-se de Lila mas a mesma volta à sua vida, desta vez para a convidar para umas férias em Ischia. Lenú aceita, mas com segundas intenções.

As férias de Ischia serão o momento de clímax de toda a obra. Lenú sofre um desgosto amoroso mas Lila irá viver uma louca paixão (sim, um triangulo amoroso). O regresso a Nápoles ficará marcado para sempre nesta amizade.

Lila perde-se e a sua personagem vai entrar em decadência, mas nunca perdendo a sua coragem. Já Lenú volta à escola e termina o liceu na esperança de ingressar a universidade. A decadência de uma será a ascensão de outra.

“História do novo nome” de Elena Ferrante é o meu livro favorito da Saga Napolitana, e fazendo a releitura continua a ter aquele efeito de raiva em mim. A minha opinião é simples e básica mas a Fátima do canal “Abrir o Livro” conseguiu exprimir todas as emoções que iremos sempre sentir nesta aventura. Gostaria de vos contar mais sobre o livro, mas sinto que os 20 minutos de vídeo já são longos de mais, mas acreditem que passaria horas a falar sobre Lenú e Lila.

Agradeço a todas as Bambinas que fazem parte deste projecto, não se esqueçam de visitar e ver as suas opiniões  –  Abrir o livroCarla AugustoCantinho Literário da RitaCarolina CruzMimo dos Livros –    Faces de MarisaLivros e Papel  

2 Comentários

  1. Tenho muita curiosidade com esta série, inclusive já tenho o primeiro livro cá em casa. Gostava de ter participado no projecto, mas ainda não é desta que pego no raio do livro, não ando com muito tempo 🙁 Espero o próximo projecto!

    • Não vejas a série. Lê o primeiro livro e só depois vê a série pff
      Se vires que o livro não é de todo para ti, então continua a ver a série. É mt fiel ao livro e foi feita para os leitores.
      Não tem mal, quando leres fala comigo, pois quero saber a tua opinião, ok?
      Vão surgir mais oportunidades para lermos juntas de certeza 😉
      Beijinhos

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*