“Os Sete Maridos de Evelyn Hugo” de Taylor Jeinks Reid

“Os Sete Maridos de Evelyn Hugo” de Taylor Jeinks Reid foi o livro escolhido para o mês de Maio no #GangdasBambinas. Após a leitura da Saga da “A Amiga Genial” de Elena Ferrante, decidimos continuar com o grupo de leituras e alargar horizontes literários, fomos atrás de uma novidade fresquinha que andava na berra do Booktube em Portugal.  

Evelyn Hugo é uma jovem rapariga que ambiciona ser uma das maiores estrelas em Hollywood, e consegue. Sempre fora uma mulher muito reservada em relação à sua vida pessoal, apesar dos 7 casamentos, Evelyn sempre conseguiu guardar para si os maiores segredos. Agora com 80 anos, decide que está na altura de revelar ao mundo quem foi verdadeiramente Evelyn Hugo.  

Monique está de coração partido, mas focada na sua carreira de jornalista. Ela sente que onde está não lhe dão o devido valor, até ao dia que a assistente pessoal de Evelyn Hugo contacta a revista onde trabalha, e exige que somente Monique a entreviste.  

Evelyn propõe-lhe um contrato que lhe abrirá portas para o futuro, mas há um senão, e Monique não está preparada para descobrir quem é a verdadeira Evelyn Hugo.  

Sinopse da Topseller Editora 

Parti para esta leitura a pensar na rebaldaria que seria a vida desta mulher hollywoodesca, mas não poderia estar mais enganada. As aparências iludem e este livro é a prova disso. A personagem de Evelyn está cheia de mistérios e cada passo que ela dá, foi pensado ao pormenor. Uma mulher calculista e ambiciosa, sempre movida com 2ªs intenções. Monique será só mais um peão na vida de Evelyn Hugo.  

“Os Sete Maridos de Evelyn Hugo” de Taylor Jeinks Reid aborda temas tabus e releva segredos no mundo de Hollywood. Assédios, dramas, mas sobretudo amores escondidos são estes os temas principais para um livro que pouco ou não me dizia, mas que no final me deixou abismada.  

Confesso que odiei a personagem de Evelyn Hugo, a maneira como ela manobra quem a rodeia e como não mede as consequências dos seus actos, magoando as pessoas que lhe são mais próximas. Odiei a maneira como ela usou a Monique, apesar de ter feito tudo para o seu bem, mas sempre com um objectivo. A verdade magoa e Monique foi só mais uma vítima de Evelyn.  

Este será um daqueles livros que saltará para o grande ecrã e tenho a ligeira sensação que a Dona Reese trará a trama para a Hello Sunshine… Vamos ver se será tão envolvente como o livro ou se será um floop.  

2 Comentários

  1. Quero muito ler este livro!

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*