Wishlist dos 31

Há dias o puto veio ter comigo e disse – quando é que publicas a tua Wishlist dos 31? Não tinha intenções de o fazer, mas a pedido de várias pessoas que já foram ao meu encontro perguntar o que realmente queria, aqui está a minha Wishlist dos 31. Como todas as outras vezes, analisei as minhas necessidades. Mentira! São coisas que me fariam muito feliz. Não sei se é da idade ou se é do facto de me estar a tornar mais sábia, mas com o avançar da idade, apercebo-me que são as pessoas que me fazem feliz e não as prendas… Mas isso é conversa para outra altura, vamos lá voltar à parte em que tento cravar prendas aos outros e talvez patrocínios para o estaminé. 

relógio da Casio sempre foi uma referência para mim, sempre vi o meu avô a usá-lo e sempre lho gabei. Cada vez mais acho que é um relógio que se adequa à minha pessoa, e já estou um pouco cansada de usar o mesmo, por isso, está na hora de mudar. 

Adoro receber pantufas, mas adoro mesmo. Penso sempre que vou receber um par de pantufas novas, mas há muito que isso não acontece. Gosto em estilo bota ou até pezinhos. Gosto que tenham bonecada e que sejam divertidas. Já vos disse que adoro receber pantufas? 

Os Funkos Pop nunca foram uma cena que me chamasse à atenção até ver o Freddie Mercury e o Marty McFly. São dois Funkos que ficariam lindos aqui no meu novo e remodelado quarto.  

mala da Parfois foi amor à 1ª vista e bem que preciso de uma mala nova. Apesar de ser simples e com um formato retangular, mostra-se espaçosa e de boa qualidade e ainda por cima dá para usar a tiracolo. Poderei levar o portátil nela e tudo mais, coisas do tipo livros. 

Os dois livros que escolhi há muito que estão no meu GoodreadsSomething Borrowed já todos conhecemos o filme, mas dizem os entendidos que os livros são sempre melhores. Sendo um dos meus filmes favoritos (daqueles meloços, como eu gosto) a saga tem de vir parar às minhas prateleiras. A Terceira Índia, dizem ser uma história maravilhosa, havendo mesmo a continuação. Quero muito conhecer a escrita da Iris Bravo e conhecer a história que existe por detrás da Terceira Índia.  

Organização é o meu nome do meio e este pequeno planeador seria um achado para a minha organização no que diz respeito às minhas publicações e vídeos no canal.… Ficam a faltar o Vinil do Salvador Sobral (admito que sou fã dos irmãos Sobral) e uns bilhetes para a exposição do TinTin na Fundação Gulbenkian. Quem seria a Tim sem ir ver o TinTin.  

Confesso que estava a adiar escrever este post porque parece sempre que estou a pedinchar coisas, mas como diz uma amiga minha – Fica mais fácil saber o que queres, mas é sempre bom a tua reação quando não é nada daquilo que estás à espera. Este ano tenho imensa curiosidade em saber o que o Puto me irá dar… Já lhe comprei a prenda e tenho a certeza que vai chorar, mais não digo. Ah, sim. Temos 12 anos e 1 dia de diferença, não sei se já sabiam… 

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*