Pedaços da Tim

  • Devaneios da Tim,  Dicas à la Tim,  Pedaços da Tim

    To do list – A Primavera Chegou

    Quando me sinto um pouco em baixo escrevo aquilo que quero fazer, a To do list – A Primavera Chegou surgiu de uma vontade de fazer coisas que ando a atrasar… A verdade é que a esta vida monótona está a dar cabo de mim e acabo sempre por seguir a minha rotina sem fazer nada de novo. A Primavera chegou e quero aproveitar ao máximo para fazer ou conhecer coisas novas.   Ler num Parque – Trago sempre comigo um livro (ou dois). Aproveito a viagem dos transportes públicos para ler. Mas a verdade é que apetece-me ler num parque. Parar um pouco e tirar 30 minutos do meu dia…

  • Devaneios da Tim,  Ler Faz Bem,  Pedaços da Tim

    Fracassos 2021 | Objectivos 2022

    Mais um ano novo, mais um Fracassos 2021 | Objectivos 2022 . Pelo 2º ano consecutivo, devia era ter vergonha na cara e não definir objectivos. Sou uma eterna crente do poder ano novo, vida nova. Pelo 2º ano consecutivo o meu mundo virou-se ao contrário e sim, estou a jogar novamente a carta – Tive um ano de merda, mas na esperança que este ano me consiga focar e cumprir aquilo que tenho em mente, tanto a nível pessoal como a nível literário. Se estão curiosos em saber quais eram/foram os meus objectivos de 2021, segue a lista de objectivos.  Pela primeira vez cumpri toda a lista de objectivos pessoais, no…

  • Devaneios da Tim,  Pedaços da Tim

    Retrospectiva de 2021

    Não era de todo a minha intenção escrever a Retrospectiva de 2021 mas sinto a falta de desabafar convosco através da minha escrita. Não seria justo saltar um ano da minha vida e apagar um dos anos que mais me marcou, tanto a nível psicológico como a nível físico.   Todos os anos começo o novo ano com dois exercícios – analisar o ano que passou e escolher uma frase para o novo ano. Escrevi os objectivos pessoais mais loucos e que me fariam sair da caixa e lutar contra medos. A frase que escolhi para 2021 foi – Nunca desistir – a verdade é que fiz exactamente o contrário. – Retrospectiva…

  • Devaneios da Tim,  Ler Faz Bem,  Pedaços da Tim

    12 Livros que quero ler em 2022

    Nem sei bem como começar este artigo, mas estes são os 12 livros que quero ler em 2022. Se acho que os projectos em que me meto não são suficientes, então crio mais uma lista de livros que quero ler. Nas minhas prateleiras encontram-se mais livros por ler do que os que li na realidade. Escolhi estes 12 livros na esperança de diminuir a minha TBR, diminuir a quantidade de livros nas minhas prateleiras e de encontrar novos favoritos. É complicado encontrar uma rotina perfeita de leitura, mas creio que 2022 será o ano que aproveitarei melhor o meu “reading time”.  

  • Devaneios da Tim,  Pedaços da Tim

    Wishlist dos 31

    Há dias o puto veio ter comigo e disse – quando é que publicas a tua Wishlist dos 31? Não tinha intenções de o fazer, mas a pedido de várias pessoas que já foram ao meu encontro perguntar o que realmente queria, aqui está a minha Wishlist dos 31. Como todas as outras vezes, analisei as minhas necessidades. Mentira! São coisas que me fariam muito feliz. Não sei se é da idade ou se é do facto de me estar a tornar mais sábia, mas com o avançar da idade, apercebo-me que são as pessoas que me fazem feliz e não as prendas… Mas isso é conversa para outra altura, vamos lá voltar à parte…

  • Devaneios da Tim,  Dicas à la Tim,  Pedaços da Tim

    Manhãs Gloriosas

    A verdade é que ninguém dá valor às Manhãs Gloriosas e vivemos às pressas de chegar a tempo ao trabalho. Esquecemo-nos da importância do pequeno-almoço e por vezes a falta de organização leva-nos a voltar atrás, pois esquecemo-nos dos documentos para a reunião da manhã. Bem sabemos que acordar cedo não é fácil, mas com esforço e organização, depressa passaremos a gostar das manhã. Será este o artigo que te tornará numa morning person? Planear na noite anterior | Escolher a roupa que se vai usar no dia a seguir, organizar o saco do ginásio ou até mesmo preparar a marmita são pequenas coisas que farão diferença se planearmos na noite…

  • Devaneios da Tim,  Dicas à la Tim,  Pedaços da Tim

    Meu querido Outono

    Seja bem-vindo meu querido Outono. Se o tivesse que o caracterizar seria com a palavra Recomeço. Desde que me lembro, esta foi sempre a minha estação do ano preferida. Mantas, bebidas quentes e velas são as palavras que mais anseio escutar. Há qualquer coisa de mágico, há qualquer coisa que nos faz acreditar e ter forças para enfrentar o resto do ano. Um sentimento meio agridoce que nos fica, e que é sempre acompanhada com a sensação de “vai ficar tudo bem”.   Meu querido Outono, não tenha pressa, aproveite o tempo que por cá passa e traga-nos a brisa fria acompanhada com as suas cores amenas. Também é sinónimo de netflix and chill como também dos…

  • Devaneios da Tim,  Dicas à la Tim,  Pedaços da Tim

    7 Metas para o mês de Agosto

    Estes últimos meses não têm sido nada fáceis, mas não é por isso que não haverá 7 Metas para o mês de Agosto. Tenho vindo a deixar a escrita de lado e não é de todo o meu objectivo. Será um bom artigo para desenvolvimento pessoal e espero que vocês também o façam. Ler 5 livros – Não tenho lido nada ultimamente e tenho de voltar a focar-me nas minhas leituras. Ler todos os dias ou pelo menos 30 minutos. Começo a ficar farta de ter TBR por completar e de ter livros parados nas prateleiras. Chega de desculpas. #Lerfazbem  Marcadores Personalizados – Promover a minha escrita e o meu canal é um dos meus objectivos para este ano de…

  • Devaneios da Tim,  Família,  Pedaços da Tim

    O meu avô Alfredo

    Não encontrei melhor forma de o homenagear, apresento-vos o meu avô Alfredo. Por muito que me custe escrever neste momento, sinto a necessidade de vos apresentar a pessoa mais importante na minha vida.  Poucos sabem, mas a minha família é de Trás-os-montes. Os meus avós eram agricultores e sempre trabalharam na terra. Sempre os vi a lutar por aquilo que queriam e desde pequena que me ensinaram a dar valor às pequenas coisas. Foram para França ilegalmente e trabalharam muito para poderem ter uma casa em Portugal. O meu avô Alfredo sempre me disse que quando queremos algo, trabalhamos para isso. Sempre disse e continuo-o a dizê-lo – Quando crescer quero ser como o…