Amizades Facebookianas

Quando somos crianças fazemos amigos com facilidade e confiamos em todos. Com o tempo aprendemos que as amizades vão desaparecendo. Se tivermos que separar seria algo deste género: 

Amizades para a vida – Confias na pessoa. Está lá nos bons e nos maus momentos. Sabe tudo da tua vida. Apoia-te e se for preciso também te dá na cabeça. Surpreende-te e faz-te sorrir mesmo quanto te apetece chorar. Pode estar ocupada mas se estiveres mal ela vai ter contigo.
Amizades Momentâneas – Amigas do trabalho, amigas de curso.
Amizades por Conformidade – São aquelas que te falam para benefício delas.
Amizades Tóxicas – É o pior tipo de amizades. Só te rebaixa e acha-se a rainha da cocada. Se tens alguma, está na hora de acabares com ela porque só te faz mal.
Sem darmos conta surge um novo tipo de amizade, a amizade online. Ter muitos amigos no Facebook significa muitas amizades ? Não me parece. A Diana colocou-me as seguintes questões – Será que é a última fronteira de uma amizade ? Ou simplesmente gostamos de estar presentes na vida de alguém com quem não queremos interagir?
Manter uma amizade online ou estar presente no feed de alguém pode significar muita coisa. Apagar é fácil mas será que o queremos fazer? Gostamos de estar a par da vida dos outros. A tal começou a trabalhar, a outra já vive com ele e a aquela comeu sushi ao jantar. Mas também gostamos de ver aquela dita “inimiga”. Saber se a vida lhe corre bem e se a vida já tratou de lhe dar certos castigos, nada de mal.
Não apagar alguém pode também ter a intuição de a querer ter de volta na nossa vida. Sabem quando vêem alguém e usam a famosa expressão “Temos de combinar um café…” é a mesma situação. Mas porque não o combinamos? O tempo passou e não demos conta.
O mundo online proporciona algo que na vida real não é capaz – Um reality show onde podemos observar a vida dos outros sem eles saberem que estão a ser observados, mas temos a sorte de comentar em tempo real. Antes do Facebook não era possível estarmos a par das novidades daquelas amigas afastadas. Graças a ele temos a oportunidade não só de saber como de ver e ler.
Apagar ou não apagar, eis a questão. Uma amizade é para a vida e se a pessoa ainda não te desconectou, fica feliz pois ela ainda pensa em ti.

2 Comentários

  1. Este post parece quase um episódio de "Black Mirror".
    Nós humanos (e não só) somos muito curiosos, interessamo-nos pela vida dos outros como um reality show.

  2. É possível criar amizades online se elas se conhecerem pessoalmente e mantiverem o contacto 🙂 Eu tenho amizades que foram criadas assim. Começamos a tocar mensagens online, acabámos por nos conhecer e continuamos amigos.

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*