Posts Recentes

Ler Faz Bem, Opiniões Literárias, Relógio D'Água

“História da menina perdida” de Elena Ferrante

Chegámos ao fim da saga napolitana com a obra “História da menina perdida” de Elena Ferrante. Neste último livro, as nossas protagonistas já passaram por muitos dramas, Lenú concretizou o seu sonho de ser uma escritora, fugiu com o amor da sua vida mas está de volta ao bairro. Lila subiu na vida e está encarregue da sua família. Ambas lutam para ultrapassar barreiras e envelhecer lado a lado, mas nem tudo é como queremos e um acontecimento inesperado, trará a inveja que há muito estava escondida. É complicado escrever sobre este livro sem revelar qualquer spoiler da história, mas fica aqui a minha tentativa.

Sinopse da Relógio D’água

Se na primeira vez a leitura o livro não foi do meu agrado, agora revelou-se e mudou a minha opinião. Este livro trará de volta muitas personagens e dará alguns fechos chocantes. Confesso que fiquei triste com algumas mortes, pois na minha opinião não mereciam, mas este livro não foi escrito para ter um final feliz.

Ler mais
Arena, Ler Faz Bem, Opiniões Literárias

“Os sonhos não têm teto” de David Carreira

Sim estão no sítio certo, hoje venho falar-vos do livro “Os sonhos não têm teto” de David Carreira. Aqui ficamos a conhecer mais sobre a vida do artista. É-nos dado a conhecer um David Carreira mais brincalhão, mais sonhador e onde nos mostra as suas fraquezas e conquistas. Um livro autobiográfico que tem como ponto de partida o seu último concerto no Meo Arena em 2019. Revela-nos que fora o seu maior sonho e que ao concretizá-lo percebeu que todo o seu esforço e dedicação valeram a pena.

Sinopse Arena

Ofereci este livro à minha mãe pelo Natal, caso contrário, não o compraria. É um livro cheio de fotografias que trazem algumas confissões do cantor. Desde a infância à vida adulta, David mostra um lado mais pessoal, que pouco nós conhecemos.

Ler mais
Alfaguara, Ler Faz Bem, Opiniões Literárias

“O enigma do quarto 622” de Joel Dicker

“O enigma do quarto 622” de Joel Dicker começa com a partida do escritor para o Palácio Verbier na Suiça. De coração partido e de luto pela morte do seu editor, Joel decide tirar umas férias. Durante o check in é reconhecido por uma jovem, Scarlet fica doida ao saber que o escritor se encontra no mesmo hotel que ela. Ambos vão em direcção aos quartos quando se apercebem que não existe o quarto 622. Dicker não tem assim tanto interesse em saber, mas Scarlet começa com umas teorias que deixam o escritor com a pulga atrás da orelha. As férias ficam para a próxima, que comece a caça ao enigma do quarto 622. Recuemos no tempo…

A história deste mistério começa 15 anos antes, numa noite fria de Dezembro no Palácio Verbier, onde ocorre a festa anual de um Banco Suíço. Nessa noite, será anunciado o novo presidente e a votação está renhida entre Macaire e Lev. O jantar acaba mal mas o pior acontece no dia a seguir. Um homicídio no quarto 622. Quem foi? A resposta que durante 15 anos ficou “adormecida” mas que Joel e Scarlet decifram o enigma.

Sinopse Alfaguara

Ler mais
Bertrand Editora, Ler Faz Bem, Opiniões Literárias

“Em parte incerta” de Guillian Flynn

“Em parte incerta” de Guillian Flynn conta a história de um misterioso desaparecimento, onde todos os indícios vão dar ao único suspeito – o marido.

Nick e Amy  tinham uma vida de luxo em New York. Nick acaba por ser despedido e tem a sua mãe a lutar contra um cancro. Ele toma a decisão de irem viver para Missouri, na esperança que a vida melhore.

Na manhã do 5º aniversário de casamento, Amy desaparece deixando Nick em desespero. Ele pensa que foi raptada, mas tudo indica que algo pior de passou naquela casa. Um diário é encontrado e o seu registo não poderia ser mais surpreende. Conhecerá Nick verdadeiramente a sua mulher?

Com a pressão dos media e a revelação de factos misteriosos, Nick está agora com a corda ao pescoço, a sua irmã Margo tenta ajudá-lo, mas o que mais ele deseja é que Amy volte para casa.

Ler mais
Ler Faz Bem, Opiniões Literárias

“Miúda, pára de arranjar de desculpas”

 “Miúda, pára de arranjar de desculpas” de Rachel Hollis é um livro que tem o intuito de acordar a sonhadora que há dentro de nós e tornar os nossos sonhos em realidade. Quantas desculpas nós arranjamos para não o fazer? Rachel Hollis irá ajuda-nos a perceber qual a barreira e como a ultrapassar, porque na realidade são só desculpas…

Pára com estas desculpas; Comportamento a adoptar e Competências a adquirir são as três categorias em que o livro está dividido. Através de histórias pessoais e de um humor bem animado, Rachel Hollis revela-nos que não há pior inimigo que nós próprios, e que se não formos nós a fazer… Ninguém fará.

Sinopse da Lua de Papel

Ao longo do livro vamos perceber que já utilizámos estas desculpas (várias vezes e vamos continuar a fazê-lo) e que nada fizemos para as contornar. Estaremos nós preparadas para mudar? É um livro que nos dará a motivação suficiente para percebermos que somos nós as culpadas e que só nós podemos alcançar aquilo que tanto ambicionamos. Porquê ficarmos pelo sonho se o podemos concretizar?

Ler mais
Devaneios da Tim, Pedaços da Tim

A Tim não vive sem…

A Tim não vive sem… é uma espécie de comemoração. Nunca sei como festejar o aniversário do blog|site. Quem diria que passados 13 anos, ainda teria o mesmo prazer de escrever aqui, e que a vontade de voltar seria maior que a de desistir. Houve uma altura que me perdi, confesso. Mas a escrita faz-me falta, completa-me, e sinceramente, já não sei viver seu este meu lugar virtual. A Tim não vive sem… é um artigo pessoal que nada vos acrescentará à vossa vida, mas que ficarão a saber um pouco mais sobre a minha persona.

Ler mais
Devaneios da Tim, Dicas à la Tim, Pedaços da Tim

7 Metas para o mês de Abril

7 Metas para o mês de Abril é uma rubrica inspiradora que tem como intuito implementar hábitos, criar desafios e sair da zona de conforto. Podia confessar que tive esta ideia mas inspirei-me na página Prosa de Cora e ajustei-a às minhas necessidades. Confesso que já tinha saudades das minhas listas e nada melhor que – 7 Metas para o mês de Abril.

Não queiras fazer tudo de uma vez – Um dos meus maiores defeitos é querer tudo ao mesmo tempo. Acontece que nem sempre é possível. Apesar de ser muito disciplinada e organizada, acabo muitas vezes por me perder no meio. Preciso de aprender a manter a calma e fazer tudo a seu tempo. Se não conseguir terminar hoje, amanhã também é um bom dia para o fazer.

Ler mais
Ler Faz Bem, Opiniões Literárias, Relógio D'Água

“História de quem vai e de quem fica” de Elena Ferrante

 “História de quem vai e de quem fica” de Elena Ferrante é o 3º volume da Saga Napolitana. Tal como fomos habituadas, este livro começa com o final do 2ª livro. Lenú encontra-se no lançamento do seu livro e revê uma cara conhecida do seu passado. Nino está de volta e trouxe consigo uma revolução de sentimentos a Lenú. “História de quem vai e de quem fica” de Elena Ferrante foca-se mais na personagem de Elena Grecco, deixando um pouco de lado a sua amiga Lila Cerrulo.

Vai ser difícil escrever sobre este livro em revelar spoilers. Pelo sim, pelo não, fiquem-se com a opinião dos livros anteriores “A amiga genial” | “História do novo nome” e só depois tornem a cá vir ler ou ver a minha opinião.

Ler mais
O que é bom é para se ver, Opiniões Cinematográficas, Relógio D'Água

“A amiga genial “ – Série Napolitana

Devido ao enorme sucesso, a história d “A amiga genial “ – Série Napolitana teve direito a uma adaptação televisiva. Quando pensei neste desafio, também pensei em rever as duas temporadas da série na HBO Portugal. Enquanto aguardamos ansiosamente por novas temporadas, tenho como objectivo fazer-vos ler a saga, mas até lá, vou explicando pouco a pouco como me apaixonei por esta história.

Em 2014 foi lançado o primeiro dos 4 livros da Saga Napolitana,  “A amiga genial” depressa conquistou leitores e atravessou fronteiras. Mantendo-se incógnita, Elena Ferrante mostrou-nos que não é preciso uma cara para vender e para se ter sucesso no mundo literário. Muitos são aqueles que ainda sonham em saber quem é a escritora, mas para mim é um doce mistério que não pretendo que seja revelado.

Ler mais
Companhia das Letras, Ler Faz Bem, Opiniões Literárias

“A vida sonhada das boas esposas” de Possidónio Cachapa

 “A vida sonhada das boas esposas” de Possidónio Cachapa encontrava-se nas estantes das novidades da Biblioteca José Saramago, e foi o nome do autor que me chamou logo à atenção. Não fazia ideia que história era, e nem sequer a sinopse li. Lancei-me à leitura às cegas, e acabei por ser surpreendida.

Esta é a história de Madalena, uma senhora que acaba de perder o marido e que agora vive o luto. Nos dias após o funeral, ela decide tomar rédeas e começar a tratar das burocracias. Mas o seu marido não era de todo perfeito. Ao que parece ele era um valente patife e os seus filhos sabiam das suas conquistas. Madalena sente-se magoada mas sente, que dedicou a sua vida a uma família que nunca a respeitou. Está na hora de conquistar e de viver como ela sempre sonhou. Faz as malas e parte para um cruzeiro, juntamente com duas amigas que conhece online. Assim ela toma a decisão de viver como quer, sem ter que se justificar a outros, nomeadamente aos seus filhos.

Sinopse da Companhia das Letras

Ler mais