Nem todas as baleias voam de Afonso Cruz

Classificação: 3 estrelas
Nem todas as baleias voam de Afonso Cruz
Em plena Guerra Fria, a CIA engendrou um plano, baptizado Jazz Ambassadors, para cativar a juventude de Leste para a causa americana. É neste pano de fundo que conhecemos Erik Gould, pianista exímio, apaixonado, capaz de visualizar sons e de pintar retratos nas teclas do piano. A música está-lhe tão entranhada no corpo como o amor pela única mulher da sua vida, que desapareceu de um dia para o outro. Será o filho de ambos, Tristan, cansado de procurar a mãe entre as páginas de um atlas, que encontrará dentro de uma caixa de sapatos um caminho para recuperar a alegria.
 
Sinopse da Wook
Não vou falar sobre o livro, porque não gostei da história. Gosto muito do autor e da sua escrita mas desta vez não gostei. A meu ver falta-lhe alguma coisa ou talvez tenha lido na hora errada. Uma coisa é certa, vou voltar a pegar no livro quando tiver mais vontade, e ai sim, dou a minha opinião.

2 Comentários

  1. Não conheço o autor nem o livro. Felizmente que voltei a entrar na leitura.

  2. Do autor li "Jesus Cristo Bebia Cerveja" e, talvez por ter sido uma obrigação para aquela fase do Concurso Nacional de Leitura, detestei a história, apesar de gostar da escrita do autor. Estou como tu, preciso de o reler numa altura em que tenha mesmo vontade…

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*