#Bonsvícios | Os meus maus hábitos alimentares

Não damos conta das asneiras que fazemos em relação à nossa alimentação.  Ao longo do tempo, tenho reparado num conjunto de asneiras que continuo a praticar. Trabalhar por turnos e com horários de merda, são factores que não ajudam a ter uma alimentação mais regular e controlada. Mas se a vontade e o esforço prevalecerem, conseguimos arranjar tempo e paciência para tal. Aqui me confesso, perante todos vocês, os meus maus hábitos alimentares, agradeço que façam o mesmo e que me contem tudo!!! Ah, mas fica o aviso, as sugestões que aqui vos trago foram dadas pela minha nutricionista, nada melhor que ser seguida por alguém expert da matéria.

Petiscar entre as refeições

Mais das vezes nem temos fome, é só mesmo ter algo para mastigar. Isto é muito bonito, mas quem, como eu, chega a casa e ainda tem de fazer o jantar e está cheia de fome, acaba por enfardar um pacote de bolachas. Uma das maneiras que encontrei para controlar esta fome, foi comprar pequenos snacks no Celeiro ou até frutos secos que trago sempre mas sempre comigo.

Comer em 5 minutos

 A mensagem só chega ao cérebro passado 20 minutos. Voltamos a ter fome passado pouco tempo. O meu maior pesadelo. É impossível ter uma hora certa de almoço, mas o que tenho vindo a aprender, é comer entre as 12 e as 14 horas, passa dessa hora e deixo de ter fome. Quando vejo que o trabalho está controlado, vou de imediato almoçar|jantar.

Saltar Refeições

Estou cansada, não me apetece – Na refeição a seguir vais comer o dobro se for preciso, o que irá prejudicar a tua saúde. Come algo e modifica as tuas horas de refeição, vê o que está errado. Saltar refeições prejudica imenso a nossa saúde. É preferível comer pouco mas mais vezes.

Comer em frente a um ecrã

Dei por mim agarrada ao telemóvel enquanto almoçava. Quando reparei, estava a arranhar o prato porque já tinha terminado. Apesar de conseguirmos fazer duas coisas ao mesmo tempo, o cérebro só associa uma coisa de cada vez. Ficarás com fome se não deres conta do que comes. A refeição é sagrada, aproveita-a e degusta. A sério, é horrível pensar que ainda temos comida no prato, quando na realidade já terminamos. Tudo por causa de um pequeno ecrã. Fiquei com fome naquele dia, e partir daí deixei o telemóvel no bolso.

ÁGUA  

Não beber água suficiente dá cocó. A falta de água no nosso corpo pode trazer vários problemas, um deles é a falta de concentração. Podia estar aqui a enumerar, mas não o vou fazer. Façam o seguinte, por muito que uma garrafa pese, andem sempre com uma atrás de vocês. Neste momento, tenho 3 garrafas. Uma no quarto, outra no trabalho e uma que anda sempre comigo. Sim, é estúpido mas só assim é que a bebo. E esqueçam os refrigerantes!

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*