Posts Recentes

Companhia das Letras, Ler Faz Bem, Opiniões Literárias

“O vício dos Livros” de Afonso Cruz

“O vício dos Livros“ de Afonso Cruz é um diário literário escrito por um autor que antes de ser autor, é um leitor como nós. É um livro simples, com pequenos desabafos, partilha das suas viagens e histórias emotivas acompanhados por ilustrações pintadas pelo próprio Afonso Cruz. – A história do presidiário e o livro do seu avô, são dois exemplos que com poucas palavras se fazem histórias magníficas. Ao longo do livro, o autor apresenta-nos obras literárias que tenho pena de não as ter apontado, sendo assim, terei de o ler novamente e ter o prazer de reviver as suas histórias, li alguns excertos no vídeo de opinião, por mim teria lido mais, mas iria estragar-vos o prazer de ler a obra de Afonso Cruz.

Sinopse da Penguin Livros 

Na biblioteca do faraó Ramsés II estava escrito por cima da porta de entrada: «Casa para terapia da alma.» É o mais antigo mote bibliotecário. De facto, os livros completam-nos e oferecem-nos múltiplas vidas. São seres pacientes e generosos. Imóveis nas suas prateleiras, com uma espantosa resignação, podem esperar décadas ou séculos por um leitor.”  

Ler mais
Devaneios da Tim, Pedaços da Tim

Wishlist dos 31

Há dias o puto veio ter comigo e disse – quando é que publicas a tua Wishlist dos 31? Não tinha intenções de o fazer, mas a pedido de várias pessoas que já foram ao meu encontro perguntar o que realmente queria, aqui está a minha Wishlist dos 31. Como todas as outras vezes, analisei as minhas necessidades. Mentira! São coisas que me fariam muito feliz. Não sei se é da idade ou se é do facto de me estar a tornar mais sábia, mas com o avançar da idade, apercebo-me que são as pessoas que me fazem feliz e não as prendas… Mas isso é conversa para outra altura, vamos lá voltar à parte em que tento cravar prendas aos outros e talvez patrocínios para o estaminé. 

Ler mais
Devaneios da Tim, Dicas à la Tim, Pedaços da Tim

Manhãs Gloriosas

A verdade é que ninguém dá valor às Manhãs Gloriosas e vivemos às pressas de chegar a tempo ao trabalho. Esquecemo-nos da importância do pequeno-almoço e por vezes a falta de organização leva-nos a voltar atrás, pois esquecemo-nos dos documentos para a reunião da manhã. Bem sabemos que acordar cedo não é fácil, mas com esforço e organização, depressa passaremos a gostar das manhã. Será este o artigo que te tornará numa morning person?

Planear na noite anterior | Escolher a roupa que se vai usar no dia a seguir, organizar o saco do ginásio ou até mesmo preparar a marmita são pequenas coisas que farão diferença se planearmos na noite anterior. Podemos nem dar conta, mas estes pequenos detalhes podem ocupar muito mais tempo, do que aquele que nós pensamos. Organizar e deixar tudo a um canto, para que de manhã seja só preciso agarrar e sair.

Ler mais