Posts Recentes

Devaneios da Tim, Família, Pedaços da Tim

O meu avô Alfredo

Não encontrei melhor forma de o homenagear, apresento-vos o meu avô Alfredo. Por muito que me custe escrever neste momento, sinto a necessidade de vos apresentar a pessoa mais importante na minha vida. 

Poucos sabem, mas a minha família é de Trás-os-montes. Os meus avós eram agricultores e sempre trabalharam na terra. Sempre os vi a lutar por aquilo que queriam e desde pequena que me ensinaram a dar valor às pequenas coisas. Foram para França ilegalmente e trabalharam muito para poderem ter uma casa em Portugal. O meu avô Alfredo sempre me disse que quando queremos algo, trabalhamos para isso. Sempre disse e continuo-o a dizê-lo – Quando crescer quero ser como o meu avô Alfredo. 

Ler mais
Abysmo, Ler Faz Bem, Opiniões Literárias

“Natureza Morta” de Paulo José Miranda

“Natureza Morta” de Paulo José Miranda foi a primeira obra vencedora do Prémio José Saramago. Sendo um dos meus objectivos de 2021 ler todas as obras dos “Herdeiros de Saramago” decidi seguir a ordem dos vencedores, começando por “Natureza Morta” de Paulo José Miranda.

Esta ideia nasceu graças à série da RTP “Herdeiros de Saramago”, na qual me apercebi que pouco ou nada conheço sobre a literatura portuguesa e confesso que vou com medo para este desafio… Mas deixemos as conclusões para o fim e dou início ao Projecto | Ler Herdeiros de Saramago.

Ler mais
Devaneios da Tim, Dicas à la Tim, Pedaços da Tim

7 Metas para o mês de Maio

Este artigo deveria ter saído no dia 7 – 7 Metas para o mês de Maio – mas o meu volume de trabalho está a subir a a minha vontade de estar sentada na secretária a escrever tem vindo a descer. Acontece que tenho de mudar esse comportamento e criar conteúdos. Não vamos deixar morrer o site. No mês anterior, o artigo foi bem recebido e assim decidi continuar. Será um bom artigo para desenvolvimento pessoal e espero que vocês também o façam. Estimular a nossa criatividade e dar um Boost como ela bem precisa.

Ler mais
Ler Faz Bem, Opiniões Literárias, Relógio D'Água

“História da menina perdida” de Elena Ferrante

Chegámos ao fim da saga napolitana com a obra “História da menina perdida” de Elena Ferrante. Neste último livro, as nossas protagonistas já passaram por muitos dramas, Lenú concretizou o seu sonho de ser uma escritora, fugiu com o amor da sua vida mas está de volta ao bairro. Lila subiu na vida e está encarregue da sua família. Ambas lutam para ultrapassar barreiras e envelhecer lado a lado, mas nem tudo é como queremos e um acontecimento inesperado, trará a inveja que há muito estava escondida. É complicado escrever sobre este livro sem revelar qualquer spoiler da história, mas fica aqui a minha tentativa.

Sinopse da Relógio D’água

Se na primeira vez a leitura o livro não foi do meu agrado, agora revelou-se e mudou a minha opinião. Este livro trará de volta muitas personagens e dará alguns fechos chocantes. Confesso que fiquei triste com algumas mortes, pois na minha opinião não mereciam, mas este livro não foi escrito para ter um final feliz.

Ler mais