Le Bazar de la Charité

Três mulheres, três destinos e um incêndio devastador. Le Bazar de la Charité é uma mini série produzida pela TF1 e pela Netflix que conta a história de um incêndio num evento de caridade que abalou a sociedade francesa. 126 pessoas perderam a vida nessa noite, 118 eram mulheres.

A 4 de Maio de 1897, um incêndio devastador destrói em poucos minutos o Bazar de la Charité. Nesse bazar encontram-se centenas de pessoas da alta sociedade com os seus empregados. Baseado em factos reais, esta mini série conta a história de três mulheres que vêm a sua vida a mudar a partir daquela noite.

Mas o que terá acontecido naquela noite? Terá sido um acidente? Um ataque dos anarquistas? Um golpe de estado? Mas afinal, quem é o culpado. Em 8 episódios ficamos a conhecer toda a história.

A partir do 1º episódio percebemos que o que era suposto ser uma festa, acaba na maior das desgraças. Entre gritos de desespero e as chamas, percebemos que Le Bazar de la Charité pretende mostrar como terá sido aquela noite infernal. Senti um aperto no peito logo no primeiro episódio. Fiquei presa logo de início e foi assim até ao último minuto.

Uma troca de identidade. Um casamento desfeito. Uma fuga necessária. Le Bazar de la Charité vai focar-se na vida de 3 mulheres corajosas que irão fazer de tudo para trazer a verdade ao de cima. A mini série  conta com a presença de grandes actrizes francesas – Audrey Fleurot, Camille Lou e Julie de Bona – que retratam personagens femininas fortes, com algumas diferenças mas com narrativas interessantes sobre as quais queremos saber o seu desfecho. Alice, Adrienne e Rose são mulheres que não seguem as regras e que lutam pelos seus próprios destinos. Confesso que até as acho muito à frente para a época que vivem.

Mais sugestões – O que é bom é para se ver

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*